Osteopatia

A osteopatia é um sistema de avaliação e tratamento que tem por objetivo o restabelecimento funcional das estruturas e sistemas corporais. Esse objetivo é alcançado por meio da aplicação de técnicas de terapia manual sobre os diversos tecidos do corpo humano. Essa filosofia está baseada no raciocínio de que, quando todas as partes do corpo humano estão sintonizadas, há, então, um organismo saudável. Entretanto, quando não estão, a doença surge como um efeito colateral.

O que a osteopatia
é capaz de tratar?

O campo de tratamento da técnica é realmente muito vasto, visto que ela considera o corpo como um todo. Ela pode tratar as doenças mais frequentes, como as ciáticas, lombalgias, dorsalgias, cervicalgias, escolioses, hérnias discais e torcicolos. Podem ser tratados também entorses, tendinites, epicondilites, síndromes do túnel cárpico, dores nos ombros, problemas da articulação temporo-mandibular (ATM), tensões e contraturas musculares.
A lista abrange ainda muito dos problemas decorrentes de acidentes, quedas, fraturas ou cirurgias. A osteopatia pode ajudar a resolver também enxaquecas, dores de cabeça, problemas digestivos, insônias, depressão, vertigens, labirintites, sinusites, glaucoma, tensão pré-menstrual, obstipação, estresse e problemas respiratórios.

Enxaqueca e DTM
Identificação das estruturas do corpo que possuem possíveis disfunções causadoras de dores de cabeça, como aperto dentário ou bruxismo. A osteopatia é aplicada para ajustar, harmonizar o corpo e verificar se algo mais pode ser responsável pela enxaqueca.

Dores ciáticas
Avaliação postural para identificar os captores posturais desregulados e que podem estar provocando dores. Vamos aplicar a osteopatia para identificar os bloqueios corporais e corrigi-los para melhorar a função corporal e para alívio ou eliminação das dores.

Hérnias de disco
Avaliação de quais regiões ou estruturas estão desalinhadas, ou bloqueadas, que possam ser responsáveis pelo desenvolvimento de Hérnias. Assim, vamos diagnosticar e tratar as estruturas corporais que podem estar envolvidas na causa da hérnia de disco.

Dores articulares
Pacientes que sentem dores crônicas, que não aparecem nos exames de imagem, que têm indicação de medicação ou já fizeram outros tratamentos que não resolveram o problema, procuram a osteopatia para corrigir as áreas necessárias e eliminar as dores.

Outros tratamentos
Tendinites, artroses, distúrbios, alterações posturais, problemas de coluna, sequelas de traumatismo, disfunções auditivas, disfunções digestivas, disfunções respiratórias, disfunções ginecológicas, distúrbios do sono, estresse, entre outros.

Quem pode se beneficiar com a osteopatia

Não há contraindicação para se tratar com a osteopatia. Por ser um método que atua em todo o corpo, é indicado para diversos tipos de patologias e disfunções. Normalmente, os osteopatas atendem pessoas que buscam tratamento para dor, disfunções viscerais e que querem melhorar a qualidade de vida. Além disso, essa metodologia pode ser realizada com pessoas de todas as idades, desde recém-nascidos a idosos, em qualquer condição física e de todos os gêneros.

Pessoas que sentem fortes dores na coluna, cabeça e articulações
Atletas (profissionais ou amadores) que buscam melhorar a sua performance por meio da postura e mobilidade
Indivíduos que buscam tratar limitações, alterações ou desgaste nas articulações
Crianças e jovens com problemas relacionados à respiração, concentração, má formação da estrutura física e outros

Benefícios

Dispensa medicamentos
Cura sem intervenções invasivas como cirurgias
Os resultados costumam aparecer logo na primeira sessão
Trata diversas doenças em conjunto ao longo das sessões
O tratamento é indolor na maioria dos casos
Ajuda na melhora da performance esportiva e profissional
Diminui o risco de lesão
Proporciona um retorno vigoroso e rápido às atividades
Ajuda a manter o desempenho, mesmo durante o processo de cura

Como funcionam as sessões

O tratamento é feito por meio da intervenção manual feita pelo fisioterapeuta especialista sobre as partes do corpo que estão em desarmonia. A osteopatia utiliza várias técnicas terapêuticas manuais.

Técnicas musculares: tendões e musculaturas em geral
Técnicas estruturais: articulações
Técnicas cranianas: técnicas sutis que partem do crânio para o tratamento corporal
Técnicas posturais: trabalham a correção da postura como partida para o bem-estar do corpo
Técnicas viscerais: tratam, basicamente, os órgãos, tecidos e conjuntos do corpo humano

90%
dos pacientes que têm ou tiveram dores musculoesqueléticas não conhecem os benefícios da osteopatia
80%
dos pacientes do consultório têm ótimos resultados na eliminação das hérnias de disco
90%
das dores musculoesqueléticas e articulares poderiam ser evitadas, caso o paciente procurasse ajuda no momento do trauma
70%
das dores, como artroses, tendinites e bursites, poderiam ser evitadas com tratamento preventivo

Agende sua avaliação, liberte-se das dores e tenha mais saúde e qualidade de vida no seu dia a dia!

Agendar

A osteopatia pode ser preventiva, e não somente curativa. Isso porque cada consulta busca equalizar o organismo. Caso haja algum princípio de desequilíbrio, a osteopatia atua já remediando a enfermidade antes que ela apareça por completo.

Corpo clínico


  • WESLEI LIMA

  • WANESSA SOLDERA

  • PAULO FERREIRA