refluxo gastroesofágico

Refluxo tem tratamento com Osteopatia

Refluxo gastroesofágico pode ter um tratamento completo pela osteopatia. A técnica é capaz de diagnosticar, tratar, acabar com os sintomas, e, sobretudo, eliminar o agente causador da enfermidade. Somente com as mãos, o osteopata identifica problemas relacionados e trata simultaneamente diversas doenças. Tamanha eficácia é comprovada não apenas com os resultados, mas ao dispensar métodos mais invasivos, como as cirurgias, e evitar a reincidência. 

O que é o refluxo gastroesofágico?

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é uma patologia que acomete o sistema digestivo. O problema é caracterizado pelo retorno involuntário do conteúdo gástrico do estômago. Ao invés de seguir o seu movimento natural, essa substância volta para o esôfago, podendo chegar até a boca – o refluxo. 

Como só o estômago está preparado para tamanha acidez, os tecidos que revestem o esôfago sofrem uma irritação, provocando uma série de malefícios. Assim, a moléstia pode se complicar e se estender para outras partes do corpo humano, como laringe, pulmões e dentes.

Causas do refluxo gastroesofágico (DRGE)

De acordo a Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, as principais causas do refluxo gastroesofágico são variadas. Uma delas é a alteração ou disfunção do esfíncter esofagiano, a válvula que separa o esôfago do estômago. Ela deve impedir o retorno do conteúdo estomacal. Se o esfíncter não funciona corretamente, por diversas razões, acontece o refluxo. Outra causa é a hérnia de hiato, uma espécie de deslocamento anatômico entre o esôfago e o estômago, projetando para dentro da cavidade torácica. A fragilidade das estruturas musculares da região também é um fator que gera o problema.

Existem ainda algumas condições que podem contribuir para o surgimento do problema ou piorá-lo. Para todos os casos, inclusive em crianças e bebês, a osteopatia no tratamento para refluxo gastroesofágico se mostra bastante eficaz. A técnica atua na origem da doença, zelando pelo bem-estar, eliminado o problema e prevenindo para que outras ocorrências aconteçam.

Sintomas do refluxo gastroesofágico (DRGE)

Conheça alguns sintomas da doença de refluxo gastroesofágico:

  • Azia ou queimação;
  • Dor no peito;
  • Regurgitação;
  • Ânsia, náusea e vômito;
  • Tosse seca ou pigarro;
  • Doenças pulmonares;
  • Dor de garganta ou sensação de que há algo preso;
  • Problemas dentários.

Na osteopatia, os sintomas possuem sua relevância, porém, eles não são os únicos indicativos da doença. Outro ponto interessante na osteopatia no tratamento do refluxo gastroesofágico é que o objetivo não é eliminar as dores do paciente. Na verdade, a meta é identificar a raiz dessa patologia e eliminá-la. Dessa forma, acabar com o incômodo será uma consequência da aplicação da técnica.

O que é osteopatia?

A osteopatia foi criada por Andrew Taylor Still, nos Estados Unidos. A disciplina consiste em avaliar, diagnosticar, tratar, reabilitar e prevenir as mais diversas enfermidades, de forma natural. Isso é, a metodologia parte de uma compreensão global do paciente e utiliza apenas as mãos para aplicar as técnicas. O propósito é promover a saúde do indivíduo, restabelecendo as condições de equilíbrio corporal e estimulando o próprio organismo a entrar no caminho da autocura.

Por exemplo, o osteopata, no tratamento do refluxo gastroesofágico, usará todo o seu conhecimento em anatomia humana para efetuar manobras em pontos específicos, visando a cura do paciente. Tudo isso de forma não invasiva, natural e científica a fim de trazer saúde e bem-estar.

Como a osteopatia ajuda no refluxo gastroesofágico?

A osteopatia ajuda no tratamento de refluxo gastroesofágico porque age na raiz da doença. Para ilustrar, imagine uma pessoa comendo. Ao ser engolida, a comida passa pela garganta e chega ao esôfago, que a encaminhará para o estômago. Ao chegar em seu destino, o esfíncter esofágico inferior se fecha através de suas fibras musculares. Esse movimento impede a passagem do conteúdo de volta ao esôfago.

Se esta válvula não atuar corretamente, o que a pessoa consumiu, seja um alimento ou bebida, e até mesmo o suco gástrico produzido para digerir, pode vazar para o esôfago, ocasionando o refluxo e seus sintomas. A osteopatia no tratamento do refluxo gastroesofágico irá investigar o porquê de o conteúdo estomacal fazer o curso na ordem inversa.

Osteopatia e refluxo gastroesofágico: foco na origem da doença

Dessa forma, o osteopata irá avaliar o paciente como um todo. Ou seja, ao invés de focar no sintoma e diagnosticar, o especialista irá analisar o físico, o histórico, os hábitos e a alimentação, entre outros. A soma desse conhecimento com um amplo domínio da fisiologia humana irá resultar no diagnóstico e no detalhamento da terapia a ser aplicada. Isso porque a doença pode estar associada a outras patologias, dificuldades emocionais, genética etc.

Isso explica a dificuldade de muitas pessoas em distinguir causa e consequência. Por atuar de forma global, a osteopatia no tratamento do refluxo gastroesofágico consegue esclarecer essa questão com mais clareza. Por consequência, o osteopata é capaz de desvendar a origem e os fatores que estejam interligados à enfermidade. Com essa descoberta, todo o foco da cura se volta para eliminar o mal pela raiz. E esse é o principal segredo do seu sucesso e eficácia.

Como é o tratamento da osteopatia no refluxo gastroesofágico

A osteopatia no tratamento do refluxo gastroesofágico consiste em toques suaves realizados com as mãos. São manobras que lembram uma massagem, porém, a semelhança acaba por aí. O osteopata utiliza técnicas muito específicas que são aplicadas nos pontos indicados para tratar o paciente.

Ao empregar o contato, a osteopatia no tratamento do refluxo visa promover o equilíbrio corporal. A ação funciona como um estímulo para que o organismo volte a operar em sua ordem natural. Isso quer dizer que esses impulsos promoverão a auto cura da pessoa, extinguindo o problema. Sem medicamentos, a metodologia é baseada no conhecimento da fisiologia e anatomia humana e no domínio do método.

Osteopatia e refluxo gastroesofágico: tratamento simultâneo

Algumas condições podem contribuir para o surgimento do refluxo gastroesofágico, piorar o caso ou ser uma consequência dele, como gastrite, esofagite, dificuldade de digestão, entre outras. Por isso, muitas pessoas se confundem em distinguir o que é a causa, de um problema decorrente do refluxo, de um sintoma ou mesmo de um agravante da doença.

Como a metodologia foca no paciente, e não nos sintomas, a osteopatia no tratamento do refluxo gastroesofágico cuida da pessoa como um todo. Isso significa que o osteopata consegue identificar e tratar simultaneamente outros problemas. Desse modo, a técnica apresenta resultados incríveis e grandes vantagens, uma vez que muitas doenças estão diretamente relacionadas.

Medicina tradicional e outras modalidades

Parcerias e tratamentos em conjunto com a medicina tradicional ou outras disciplinas também são muito bem-vindos na osteopatia. A junção das metodologias aumenta exponencialmente a eficácia, acelera os resultados e ajuda o paciente a lidar com o problema. Isso se deve porque a técnica manual não interfere em outras terapias, justamente por seu viés natural.

Você tem refluxo gastroesofágico? Conhece alguém que enfrente esse problema? Ou tem mais alguma dúvida? Entre em contato conosco pelos telefones (11) 2251-6582 e (11) 99868-6515 (WhatsApp) ou agende sua consulta online! Estamos à disposição!

Comentários
Osteopatia SP

Posted by Osteopatia SP