Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Pediatria

PEDIATRIA E ENDOCRINOLOGIA PEDIÁTRICA

A Pediatria remete aos cuidados para promover e proteger a saúde das crianças, oferecendo atenção integral e compreendendo-as como indivíduos em desenvolvimento com suas particularidades. Os pacientes são acompanhados desde o nascimento até os 21 anos de idade. Todas as avaliações são realizadas de forma individual, respeitando a história clínica, os fatores nutricionais, o ambiente familiar e muito mais, porque só assim podemos chegar em um diagnóstico preciso e aplicar a melhor conduta.
Quando os pais devem procurar um pediatra?
A necessidade de consultas começa com uma frequência maior e vai reduzindo à medida que o bebê cresce. Nas consultas são abordadas e monitoradas várias situações, como ganho de peso e o crescimento corporal, desenvolvimento neuropsicomotor, calendário de vacinação, desenvolvimento sexual, desempenho escolar, condições do meio ambiente e todos os fatores necessários para o bem-estar da criança. Os pais podem contar com o apoio de um especialista que fará recomendações e esclarecerá todas as dúvidas que surgem durante as fases do desenvolvimento.
Quando os pais devem procurar um endocrinologista pediátrico?
A endocrinologia pediátrica é o ramo da Medicina que trata os transtornos das glândulas endócrinas e seus hormônios. O endocrinologista pediátrico é o profissional capacitado para atender os pacientes com alterações endocrinológicas na infância, pois existem especificidades para cada idade. Dessa forma, podemos atuar de forma efetiva nessa fase de desenvolvimento para não deixar a criança ou adolescente chegar à fase adulta com o desenvolvimento prejudicado.
Em que casos um endocrinologista pediátrico pode ajudar os bebês, as crianças e adolescentes?
– Baixa estatura ou alta estatura
– Alteração da velocidade de crescimento
– Desenvolvimento puberal precoce ou tardio
– Diabetes mellitus
– Obesidade
– Dislipidemia
– Alteração da tireoide
– Deficiência de vitamina D
– Tumor cerebral de localização hipotalâmico-hipofisária
– Raquitismo, osteoporose e outras doenças ósseas
– Distúrbios menstruais ou excesso de pelos
– Meninos com desenvolvimento de mamas
– Crianças ou adolescentes que nasceram pequenas para a idade gestacional, para orientar a prevenção de doenças metabólicas
– Síndromes genéticas como Turner e Klinefelter
– Sobreviventes do câncer infantil e suas sequelas endocrinológicas
– Distúrbios da Diferenciação Sexual, como genitália ambígua

Proteja o futuro do seu filho e garanta uma vida adulta saudável e produtiva!
Bebê saudável, pais felizes!

Corpo clínico


  • Dra. Gabriela Gaspar Córdova