Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Como identificar alteração postural

A coluna é de extrema importância para a anatomia humana, uma vez que é responsável por dar equilíbrio e sustentação ao corpo, além de proteger a medula espinhal. No entanto, devido a diversos fatores, incluindo o estilo de vida contemporâneo, problemas nessa região atingem um número cada vez maior de pessoas. Dentre eles, os mais comuns são as alterações posturais.

Alterações posturais mais comuns

Escoliose

Esse problema se caracteriza pela curvatura acentuada da coluna para um dos lados (direito ou esquerdo). As razões para seu surgimento são diversas. Ela causa um aspecto de desequilíbrio no corpo e pode ser verificada pelo não nivelamento do quadril e dos ombros.

Hipercifose

Nesse tipo de alteração, ocorre um aumento no tamanho da curva torácica (para dentro) da coluna vertebral. As principais consequências são a redução da mobilidade da coluna e a diminuição da capacidade do tórax de se expandir durante a respiração. Pode levar a problemas secundários, como a hérnia de disco.

Hiperlordose

É bastante similar à anterior, mas o aumento da curvatura da coluna ocorre mais abaixo, na lombar, dando a aparência de um bumbum arrebitado. Além de dor, essa alteração pode causar danos nos ossos e nas articulações.

Quando essas ou outras alterações posturais forem percebidas, é necessário procurar imediatamente um profissional capacitado para realizar o diagnóstico e evitar que o problema se agrave e interfira na autoestima e qualidade de vida. Além disso, o profissional será o responsável por prescrever o melhor tratamento, que inclui a osteopatia e o pilates.

Osteopatia no tratamento das alterações posturais

A osteopatia é um tipo de tratamento que não utiliza medicamentos e/ou cirurgias para tratar alterações no corpo. Seu princípio é tratar o paciente, e não a condição que o aflige.

Dentre as modalidades desse tratamento, existe a osteopatia postural, utilizada para tratar condições relacionadas à postura. Ela parte do princípio que o controle da postura do homem (se locomover com apenas dois pontos de apoio) é feito por um sistema que integra fatores biomecânicos, neuropsicológicos e sensoriais.

Em certa medida, essa técnica pode ser entendida por meio da comparação com a programação de um computador. Primeiro, é realizada a verificação dos desequilíbrios posturais e os inputs sensoriais, para que seja possível corrigi-los e, assim, chegar a uma nova postura, marcada pelo equilíbrio.

A prática de pilates como tratamento

O pilates é uma modalidade física que consiste na execução de exercícios de baixo impacto que utilizam o peso do próprio corpo. Justamente por isso, permite que os praticantes tenham maior consciência corporal.

Antes de a prática ser iniciada, é realizada uma avaliação da biomecânica do praticante. Com isso, os erros nos movimentos e na postura são identificados e é possível estabelecer uma série de medidas para auxiliar na correção deles.

Portanto, assim que qualquer alteração postural for percebida, é necessário procurar um profissional especializado, que não só fará o diagnóstico, como receitará o(s) melhor(es) tratamento(s). É necessário frisar que mesmo tratamentos que consistem na prática de exercícios podem acabar piorando o problema, se realizados sem a devida orientação.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.