Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Tire suas dúvidas sobre o tratamento preventivo da artrose
artrose

A artrose é uma doença degenerativa que atinge as articulações, os ligamentos e os tendões. Também recebe outras denominações: osteoartrose ou osteoartrite. Além de desgastar a cartilagem existente nas extremidades dos ossos articulados, a artrose provoca a diminuição do líquido sinovial, importante para manter as articulações lubrificadas.

As articulações mais afetadas pela doença são as do quadril, dos joelhos e das mãos. Embora seja mais comum na terceira idade, a artrose pode surgir antes, devido a outros problemas de saúde. Tais doenças podem estar relacionadas com a obesidade, lesões causadas pelo esforço repetitivo, doenças ocupacionais e prática de esportes de alto impacto.

Por tudo isso, a artrose causa dor e dificulta, cada vez mais, a locomoção e demais movimentos do corpo, graças ao enrijecimento de articulações. Os sintomas são mais intensos durante o dia, quando a pessoa permanece mais tempo em movimento.

Se a doença não for tratada adequadamente, podem surgir outras complicações, como deformidades ósseas, nódulos (comuns nos dedos das mãos) e alterações na estrutura do esqueleto. Nesse caso, pode haver a formação das “pernas de alicate” (joelhos voltados para dentro), entre outros problemas que prejudicam a qualidade de vida, principalmente na terceira idade.  

Conforme as causas, a artrose é classificada como primária ou secundária. A artrose primária está relacionada ao desgaste provocado pelo esforço repetitivo de movimentos e ao envelhecimento gradativo do corpo. Na terceira idade, é a doença reumática mais comum. A artrose secundária está associada a outras condições, como diabetes, gota, obesidade e outras lesões, além do sedentarismo.

Existe tratamento preventivo para a artrose?

Sim, é possível prevenir a artrose, desde que esse cuidado comece o quanto antes. O primeiro passo é manter a saúde em dia. Para isso, é importante fazer o check-up médico anual, manter uma dieta saudável e praticar atividades físicas regularmente, sob supervisão profissional. Buscar tratamento para a obesidade, o tabagismo e a dependência de drogas e álcool é outra medida fundamental para prevenir doenças ósseas e outras enfermidades.

Osteopatia: tratamento para prevenir a artrose

Existem também outras terapias alternativas para a prevenção da artrose. É o caso da osteopatia. Desenvolvida pelo médico americano Andrew Taylor Still, ela compreende técnicas de manipulação terapêutica para o fortalecimento da musculatura, das articulações, dos ligamentos e dos tendões. O foco do osteopata não é a doença, mas o estado de saúde geral do paciente.

Por isso, o tratamento não fica restrito aos pontos do corpo mais suscetíveis à artrose. A saúde do paciente é avaliada como um todo. A osteopatia também é aplicada a pacientes já com diagnóstico de artrose e alivia as dores provocadas pela doença, proporcionando uma melhoria significativa aos movimentos do corpo.

Fisioterapia esportiva

A fisioterapia esportiva é outra opção para prevenir a artrose. Atividades de alto impacto podem desencadear a artrose em consequência do desgaste de músculos e articulações. Os exercícios da fisioterapia esportiva ajudam a prevenir a doença, tratar lesões e aliviar as dores do corpo. Por isso, atletas, mesmo os amadores, devem buscar ajuda profissional para prevenir lesões e doenças que comprometam o desempenho esportivo e gerem outras complicações para a vida futura.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.