Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Osteopatia e sua atuação nas cicatrizes

A osteopatia é um método cada vez mais utilizado para o diagnóstico e tratamento de diversos problemas no corpo, fazendo com que os pacientes tenham uma melhora considerável e mais qualidade de vida.

Este método é realizado com o toque das mãos no corpo, capaz de identificar a origem de problemas e tratá-los com eficiência. Logo, é muito eficaz, pois proporciona resultados superiores em relação a outras técnicas conservadoras.

A utilização da osteopatia ainda garante uma série de possibilidades, agindo de forma a devolver o bem-estar ao indivíduo, como a atuação em cicatrizes, que proporcionam muitos desconfortos para o corpo.

Como as cicatrizes podem causar problemas para o corpo?

Embora pareçam, à primeira vista, marcas de um problema resolvido pelo organismo após o processo de cicatrização, elas podem trazer uma série de consequências ao corpo, como desconforto, dores musculares, incômodos, entre outros sintomas.

Isso ocorre devido ao fato dela causar uma alteração nos tecidos do corpo humano, fazendo com que a pele se torne mais rígida e diferenciada do restante. Desta maneira, a cicatriz provoca uma mudança importante, mais especificamente nos tecidos e na forma como eles se comportam no dia a dia, conforme os movimentos realizados.

As mudanças geradas pela simples presença de uma marca fazem com que o corpo apresente uma série de sinais ou sintomas, sendo os principais o desconforto e a dor.

De maneira geral, esses incômodos são percebidos em regiões bastante afastadas das cicatrizes, fazendo com que muitas pessoas não associem a presença dessas marcas com as dores sentidas, possivelmente, nos músculos.

Como a osteopatia age nesses casos?

O primeiro ponto positivo, em sua ação com relação às marcas, é a possibilidade do diagnóstico de que dores ou outros incômodos são, realmente, uma consequência da presença delas. Além disso, como é comum que uma pessoa tenha mais de uma cicatriz pelo corpo, a osteopatia permite identificar qual é a responsável pelas sensações incômodas.

Logo, ela permite identificar ainda quais são os movimentos que causam as dores, pois com a pressão das mãos do profissional sobre a cicatriz e a movimentação do corpo do paciente, as sensações são facilmente identificadas.

Após um diagnóstico completo, o tratamento é realizado para que a sensação de dor causada pela presença da cicatriz diminua e, ao longo do tempo, seja eliminada do corpo. Dessa forma, ele passa a se acostumar com a nova formação de seus tecidos por meio da pressão exercida no método.

A quantidade de sessões necessárias varia de acordo com cada caso, com as cicatrizes e a forma como o corpo reagirá ao tratamento, ou seja, a osteopatia será aplicada de maneira personalizada em cada pessoa.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.