Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido
Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido

Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido no ouvido, um problema que afeta milhões de pessoas no Brasil e no mundo? Além de ser mais comum do que se imagina, o diagnóstico e a cura ainda se apresentam como um grande desafio.

Então, como a osteopatia atua nesses casos? Como uma terapia que envolve apenas as mãos é capaz de superar todos os avanços da tecnologia? É possível proporcionar mais qualidade de vida sem recorrer a métodos invasivos? Confira essas respostas a seguir.

O que é o zumbido?

Antes de falar como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido, é importante entender o que é esse incômodo. A comunidade científica chama esse fenômeno de tinnitus. Mas é preciso esclarecer que o zumbido é, na verdade, um sintoma, e não uma doença. É uma sensação sonora que acomete os ouvidos tanto de forma esporádica, como constante. Mesmo sem qualquer barulho no ambiente, a pessoa ouve um ruído, que pode ser bem desagradável. Existem diversos tipos de zumbido, como os sons que se assemelham a um mosquito, a uma cachoeira, a uma panela de pressão, entre outros.

Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido: causas

A osteopatia ajuda no tratamento do zumbido justamente porque consegue atuar nas mais diversas causas do problema. O tinnitus pode surgir por situações simples do cotidiano, como exposição a som alto ou uso de fone de ouvido em volume inadequado. Também aparece em razão de disfunções auditivas mais graves como infecções, lesões e até surdez. Mas, esse sintoma nem sempre está necessariamente relacionado ao ouvido e região. O tinnitus tem inúmeras origens distintas, por exemplo: alteração cardiovascular, disfunção temporomandibular, excesso de álcool e tabaco etc.

Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido: diagnóstico

Um dos desafios da medicina é oferecer um diagnóstico correto e encontrar a raiz do problema. A osteopatia é eficiente porque parte da ideia de que um sintoma é sinal de um desequilíbrio corporal. Isso é, aquele som que atormenta o paciente é uma mensagem de alguma parte do corpo humano que está atuando em desarmonia com o restante. E como visto, nem sempre há relação com a orelha. E aí, muitos se surpreendem com causas como problemas posturais, coração, má alimentação etc.

O diagnóstico da osteopatia no tratamento do zumbido

A osteopatia apresenta um diagnóstico do zumbido partindo de uma complexa avaliação. Primeiro, o osteopata realiza uma anamnese, que é uma série de perguntas para conhecer o perfil, estilo de vida e comportamentos do paciente. Esse conhecimento ajuda a saber quando começou, se houve algum evento específico ou se há algum outro indício que acompanha o tinnitus.

Depois, é realizado um teste físico. Cabe lembrar que a osteopatia apoia o tratamento do zumbido porque avalia o paciente como um todo. Mais que zelar pela sensação no ouvido, o especialista irá investigar a origem daquele sintoma. Assim, são analisadas todas as condições corporais de quem sofre com o tinnitus, como postura, músculos, membros, movimentos, cabeça e outros.

Como a osteopatia trata o zumbido

Seguindo a complexa a avaliação para se chegar ao diagnóstico, o próximo passo é saber como a osteopatia vai atuar. As condições musculo-esqueléticas, disfunções cranianas e viscerais irão identificar a causa do tinnitus. Consequentemente, guiarão a técnica a ser aplicada. Amenizar os sintomas, curar o problema e devolver a qualidade de vida ao paciente são as consequências desse trabalho.

A osteopatia personaliza o tratamento do zumbido

A osteopatia ajuda no tratamento do zumbido de forma personalizada. A aplicação da técnica é feita de acordo com o que foi apresentado e analisado pelo fisioterapeuta osteopata. Por esse motivo, os movimentos e os pontos específicos a serem trabalhados mudam de pessoa para pessoa.

O que pode se dizer é que, em geral, pacientes com tinnitus carregam tensões ou uma espécie de dor. Por essa razão, é possível que o paciente apresente mais de uma causa. Um distúrbio em um ou mais órgãos gera uma dor que será refletida no ouvido, através do som. Essa vibração chega ao cérebro e afeta o paciente. Isso porque todo o sistema está interligado e precisa trabalhar em harmonia.

Esse quadro aponta que a osteopatia lida com as mais diversas causas. Tudo isso é feito com uma técnica manual que ativa a energia corporal, devolve movimento para a região hipomóvel e estimula a autocura do organismo. Por exemplo, a manipulação em um ponto exato provoca a desinibição muscular, fazendo com que a articulação e os ligamentos atuem normalmente. A rigidez postural diminui e o sistema interrompe o sinal de tensão. Consequentemente, as vias auditivas não recebem mais as vibrações, ou melhor, o zumbido. Logo, aquele incômodo desaparece.

Como a osteopatia ajuda no tratamento do zumbido: atuação conjunta e multidisciplinar

A osteopatia ajuda no tratamento do zumbido atenuando os sintomas, devolvendo a qualidade de vida e até curando totalmente. Além disso, essa metodologia oferece a vantagem de atuar em conjunto com outras terapias. Em alguns casos, é interessante que o paciente seja acompanhado por uma equipe multidisciplinar para se ver livre do problema de vez.

Existem casos complexos e difíceis que podem e devem ter o apoio de outras técnicas, sejam naturais, holísticas, sejam medicina tradicional. O osteopata ajuda no tratamento do zumbido em acordo com um otorrinolaringologista, por exemplo. A manipulação complementa a ação de remédios e outros cuidados. Juntas, as metodologias se tornam muito mais eficazes e aumentam exponencialmente a chance de cura.

Se você sente o zumbido ou conhece alguém nessa situação, entre em contato conosco. Estamos à disposição para esclarecer as suas dúvidas e oferecer um tratamento capaz de devolver qualidade de vida.

Enquanto isso, leia outros artigos e conheça mais a Osteopatia SP.

MICROFISIOTERAPIA- http://localhost/osteopatia//microfisioterapia/
OSTEOPATIA – http://localhost/osteopatia//osteopatia/
PILATES – http://localhost/osteopatia//pilates/
NUTRIÇÃO FUNCIONAL E ORTOMOLECULAR – http://localhost/osteopatia//nutricao/