hérnia de disco

Quais são os exercícios mais indicados para tratar a hérnia de disco?

A hérnia de disco ocorre quando um disco vertebral sai do seu devido lugar e comprime outras estruturas. Trata-se de um problema bastante comum, já que afeta cerca de 15% da população mundial. Tal patologia é a principal responsável por dores nas costas e alterações de sensibilidade na coxa, perna e pé.

Diante desse cenário, a hérnia de disco requer atenção logo com o surgimento dos primeiros sintomas, evitando assim que o caso se agrave. O mais recomendável é associar exercícios fisioterapêuticos e técnicas osteopáticas, como os descritos abaixo. Desse modo, os reflexos são sentidos rapidamente e com maior eficácia.

Acompanhe a leitura para saber quais os tipos de atividades físicas mais indicadas quando o assunto é tratar e aliviar o incômodo causado pela hérnia de disco!

Confira 4 exercícios eficazes para tratar a hérnia de disco

1. Pilates

O pilates é uma prática bastante completa e que ajuda bastante a reforçar a região do core. Portanto, esse método costuma ter ótimos resultados no controle da hérnia de disco. Aqui, é imprescindível que a região atingida pelo problema seja estabilizada durante as sequências para prevenir lesões.

Vale acrescentar que a modalidade está cada vez mais disseminada em todo o país, sendo crescentemente buscada devido aos seus grandes benefícios. O pilates, é importante lembrar, serve tanto para uma abordagem mais conservadora quanto no cuidado pós-cirúrgico.

2. Hidroterapia

Uma alternativa de atividade de baixo impacto é a hidroterapia, sobretudo para quem não gosta da natação tradicional. Em geral, treinos na água são boas soluções porque reforçam os músculos sem forçar excessivamente a coluna vertebral. Além disso, a hidroterapia não apresenta riscos para as articulações.

3. Alongamentos

Os alongamentos estão entre os exercícios mais aconselhados para quem tem hérnia de disco. Os principais benefícios incluem melhora da flexibilidade da coluna, bem como da musculatura paravertebral. Por conseguinte, há uma redução na sensação de dor severa, o que auxilia o praticante a recuperar a qualidade de vida. Outro aspecto não tão divulgado acerca da prática regular de alongamentos é o aumento da força devido à ativação das fibras musculares.

Para confirmar qual é a terapêutica mais apropriada para cada pessoa, é de suma importância consultar um especialista. Somente um profissional habilitado está capacitado para indicar as atividades seguras para o paciente. Tanto o profissional de saúde quanto o instrutor devem acompanhar regularmente o indivíduo para averiguar quais treinamentos são adequados.

4. Atividades aeróbicas

Quando realizadas com moderação e com a supervisão de um profissional capacitado, as atividades aeróbicas são vantajosas para combater hérnias. Inclusive, esses exercícios promovem a perda de peso, o que costuma levar à diminuição da dor. O ideal é escolher exercícios com pouco impacto, como ciclismo, caminhadas, natação e hidroginástica.

Se você sofre com hérnia de disco, a sugestão é que comece logo com os movimentos mencionados. Em pouco tempo será possível notar uma redução no desconforto e uma consequente melhora na sua qualidade de vida. Importantíssimo salientar: sempre que for começar qualquer exercício, procure um responsável especialista na área. Certamente ele saberá qual a melhor opção para o seu caso e a forma mais adequada para começar.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisioterapeuta osteopata em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp