Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Conheça a fisioterapia estética

No atendimento em saúde, a abordagem holística vem ganhando cada vez mais espaço como forma de prevenção e tratamento de inúmeras condições e patologias. Nessa visão do todo, a fisioterapia é uma das mais importantes, por ser capaz de atuar em uma ampla gama de situações como método terapêutico.

No entanto, como nos demais campos da saúde, houve uma evolução considerável da fisioterapia nas últimas décadas, resultando, dentre outras coisas, na fisioterapia estética ou dermatofuncional.

Conceito de fisioterapia estética

A fisioterapia estética, ou dermatofuncional, é uma área que emprega os recursos fisioterapêuticos utilizados nos tratamentos tradicionais, com fins estéticos.

O princípio básico é o mesmo da fisioterapia tradicional: reabilitar o corpo utilizando técnicas e exercícios específicos. A reabilitação, porém, incide sobre as disfunções estéticas e não nas de natureza muscular e esquelética.

Para que esse objetivo seja atingido, é feito um estudo sobre todos os tecidos que compõem o corpo e das características dermatológicas de cada pessoa.

Assim, a fisioterapia estética pode atuar em duas grandes frentes: prevenindo que a estética se comprometa a ponto de os danos serem irreparáveis e solucionando os danos já existentes. Pode, portanto, ser preventiva e/ou corretiva.

A fisioterapia estética é uma especialidade aprovada pelos órgãos oficiais e ganha cada vez mais espaço em consultórios dermatológicos, clínicas de estética e hospitais, uma vez que pode auxiliar a preparação e recuperação de cirurgias.

Áreas de atuação

A dermatologia e a estética são campos que abrangem grande quantidade de doenças e condições. Consequentemente, a modalidade de fisioterapia tratada neste artigo também tem grande número de aplicações. Dentre elas, estão:

  • eletroestimulação facial: consiste em um tratamento que tem como principal objetivo conferir mais firmeza aos músculos da face, geralmente combinado com hidratação profunda;
  • endermologia: normalmente utilizada no pós-operatório, pois estimula a circulação e oxigenação do tecido, evitando a formação de fibrose;
  • peeling: permite a regeneração dos tecidos da pele por meio da sua descamação, possibilitando a eliminação de rugas, acnes, manchas e as temidas estrias;
  • estimulação russa: é uma eletroterapia que estimula as fibras musculares, levando a uma melhoria significativa do tecido muscular.

Esses são apenas alguns métodos de que a fisioterapia dermatofuncional dispõe para tratar condições estéticas, uma vez que as técnicas e instrumentos utilizados são extremamente eficazes e ricos em aplicações.

No entanto, é importante que qualquer tipo de tratamento em fisioterapia estética seja feito com um profissional qualificado, para que os resultados sejam satisfatórios e não haja riscos.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo.