Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Fisioterapia laboral: conheça a importância

O tema desse artigo é a fisioterapia laboral e o papel que essa disciplina pode desempenhar no potencial produtivo dos indivíduos, das equipes e da empresa como um todo.

Quem não reconhece a importância do bem-estar como indutor de produtividade nas pessoas, provavelmente nunca conviveu em um ambiente de trabalho.

Seguramente, podemos afirmar que um colaborador terá melhor desempenho na medida em que o ambiente de trabalho lhe seja mais propício e satisfatório, tanto no que diz respeito à qualidade da rede de relacionamentos e às condições materiais de produção, como ao conforto.

Nesse aspecto do conforto, está presente muito mais que o bem-estar no ambiente de trabalho. Algumas condições, como as ergonômicas, nos aspectos físicos e psicológicos, influenciam diretamente na saúde e na qualidade de vida dos colaboradores dentro e fora do trabalho.

Papel da fisioterapia laboral

O papel da fisioterapia laboral é preventivo e está diretamente ligado aos riscos de lesões por esforço repetitivo.

A fisioterapia do trabalho busca identificar as condições de risco e oferecer terapias preventivas, que irão garantir o bem-estar do trabalhador e preservar sua saúde em longo prazo.

Essa disciplina procura neutralizar o risco de trabalhadores desenvolverem LER (lesões por esforço repetitivo) e DORT (distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho). Ajuda a empresa a solucionar questões judiciais relacionadas a essas ocorrências, indica soluções para as não conformidades ergonômicas identificadas nos postos de trabalho e desenvolve programas de cinesioterapia, que é o conjunto de atividades terapêuticas desenvolvidas no ambiente de trabalho com objetivo de preservar a condição física do profissional.

O que é feito na prática?

Na prática, o fisioterapeuta do trabalho estuda, em conjunto com outros profissionais, a ergonomia, promove palestras de conscientização e treinamento preventivo contra doenças ocupacionais.

Além disso, ele avalia a postura e faz a análise biomecânica dos postos de trabalho e das tarefas realizadas, orienta os trabalhadores quanto às posturas corretas dentro e fora do ambiente de trabalho, desenvolve programas de ginástica laboral e faz tratamento dos problemas musculoesqueléticos dos trabalhadores.

Quais os benefícios?

Os benefícios são distribuídos entre os funcionários e a empresa. Para os primeiros, poder estar livre de problemas como dores nas costas, as sempre indesejáveis tendinites e outras tantas condições decorrentes das más condições físicas no trabalho é o grande benefício, sobretudo porque isso traz impacto, também, na vida fora da empresa.

Do ponto de vista da empresa, o fato do colaborador se sentir valorizado aumenta a lealdade do mesmo com o contratante, o que é um fator importante de desempenho. O principal, sem dúvida, é ter pessoas sempre dispostas e saudáveis, que se tornarão mais produtivas, mais presentes e envolvidas com os desafios da empresa.

Concluindo, a fisioterapia laboral tem como principal beneficiária a própria empresa, a partir do investimento no bem-estar e na saúde dos colaboradores, que traz aumento da produtividade, queda no volume de absenteísmo e licenças médicas, além de um ambiente mais satisfatório para a convivência e o trabalho.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisioterapeuta em São Paulo.