Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
2 benefícios do acompanhamento nutricional para as gestantes

A gravidez pode trazer algumas inseguranças com relação ao ganho de peso, ou mesmo o contrário: a despreocupação com o peso e a entrega a tudo aquilo que se tem vontade de comer. As duas situações são desaconselhadas. Durante esta fase, é essencial que as gestantes tenham o acompanhamento nutricional correto e personalizado, para que toda a gravidez seja saudável e sem riscos. 

A nutrição saudável durante a gravidez é uma preocupação que inclui até mesmo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma vez que diversos estudos apontam benefícios tanto para a vida da mãe quanto para a do bebê. É sobre isso que falaremos neste artigo. Continue lendo para entender por que é tão importante ter uma alimentação adequada durante a gestação.

Por que a nutrição é importante durante a gestação?

O metabolismo das gestantes é completamente diferente das demais mulheres. Durante o desenvolvimento do bebê, o organismo tem necessidades especiais para a preservação da saúde da mãe e para o desenvolvimento saudável da criança. 

Por isso, manter a alimentação equilibrada não somente mantém a saúde materna, como também prepara o corpo para um parto seguro.

É preciso lembrar que o feto irá se beneficiar de tudo aquilo que a mãe se alimenta. Por isso, não é recomendável realizar dietas para evitar o ganho de peso, nem o contrário. A mãe não deve comer de tudo que tem vontade, para satisfazer os desejos da gestação. É preciso ter cuidados redobrados com as fontes de nutrientes no período.

Durante a gravidez, o metabolismo aumenta consideravelmente, assim como as necessidades energéticas da gestante. Outras mudanças importantes do período são:

  • maior absorção de cálcio e fósforo;
  • maior absorção de ferro;
  • armazenamento de reservas de energia para o parto e para a produção de leite.

Enquanto isso, o feto passa por diversas transformações, que se baseiam nos nutrientes absorvidos pela mãe:

  • crescimento de tecidos;
  • formação e crescimento dos ossos;
  • formação dos dentes;
  • desenvolvimento e crescimento da placenta e do líquido amniótico;
  • armazenamento de ferro no fígado do bebê.

Todas essas transformações podem ser prejudicadas, caso existam quaisquer deficiências nutricionais. Conheça alguns benefícios específicos trazidos pelo acompanhamento nutricional.

1. Prevenção da obesidade em gestantes

O excesso de peso durante a gravidez traz diversos riscos para a mãe e o bebê. A obesidade pode ser uma situação pré-gestação ou desenvolvida ao longo dela. Geralmente, o sobrepeso está ligado a fatores psicológicos, sociais, metabólicos, ambientais ou estilo de vida. 

Por isso, é essencial o acompanhamento de um especialista em nutrição para que ele avalie a causa do excesso de peso e possa indicar os cuidados mais adequados para cada caso. 

Conheça alguns riscos associados ao excesso de peso durante a gravidez:

  • complicações no parto, como parto prolongado e necessidade de cesariana;
  • Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHEG);
  • hemorragia maciça no pós-parto;
  • infecção puerperal;
  • diabetes gestacional;
  • tromboembolismo;
  • parto prematuro;
  • morte fetal;
  • desenvolvimento de lábio leporino no bebê;
  • desenvolvimento de obesidade na infância ou vida adulta;
  • desenvolvimento de diabetes na criança.

2. Prevenção da desnutrição na gravidez

A desnutrição está relacionada à baixa ingestão de nutrientes essenciais para a gestação, antes ou ao longo da gravidez. Ela pode estar associada à adoção de dietas da moda, ou a um estilo de vida vegetariano. A falta de nutrientes também pode estar ligada a sérias disfunções, como anorexia e bulimia.

Veja alguns riscos causados pela desnutrição durante a gestação:

  • hemorragias;
  • anemia na gestante;
  • parto prematuro;
  • alterações na função da placenta;
  • baixo crescimento do feto;
  • bebê com tendência ao desenvolvimento de doenças, como anemia e infecções;
  • alterações no desenvolvimento motor do bebê;
  • alterações visuais no bebê;
  • menor rendimento escolar da criança.

Como vimos, é essencial que as gestantes busquem o acompanhamento de um especialista em nutrição, para garantir a sua própria saúde e o desenvolvimento normal do bebê. 


Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre a
Osteopatia SP.