hérnia de disco

4 causas da hérnia de disco

30% da população mundial sofre com algum transtorno na região da coluna, especialmente com deslocamentos de discos intervertebrais, responsáveis porem prevenir atritos entre as vértebras.

Embora a estrutura cartilaginosa se enfraqueça com o decorrer do tempo, existem algumas circunstâncias que influenciam a ocorrência prematura desse desgaste. Ele prejudica o estado da coluna e, por conta disso, uma hérnia de disco surge, provocando incômodos na hora de se alongar ou se curvar.

Essas situações, na maioria das vezes, podem ser evitadas se conhecidas a tempo de prevenir o surgimento da hérnia. Felizmente, cerca de 90% dos casos apresentam melhoras significativas e os pacientes voltam a realizar suas atividades normalmente.

Causas comuns de hérnia de disco

  1. Envelhecimento

Não é algo a ser prevenido, mas algumas condutas saudáveis ajudam a evitar o problema. No caso do envelhecimento, é normal que as raízes nervosas e a cartilagem que amortecem o impacto entre as vértebras fiquem mais enfraquecidas.

É por isso que a hérnia de disco é comum em pessoas com mais de 50 anos, uma vez que essas regiões são mais propensas a lesões ou impactos mais fortes. Contudo, crianças e jovens também podem apresentar o problema.

  1. Tabagismo

Em segundo lugar, o tabagismo vem como um perigoso fator de risco para hérnias discais. Isso porque a concentração de substâncias nocivas ao corpo vai sendo absorvida e deteriora a integridade do sistema muscular que envolve a coluna. Como o consumo é alto, é mais fácil o tabaco ocasionar o problema mais cedo do que em casos em que o envelhecimento é o fator principal.

  1. Sobrepeso

Uma das características dos discos é a capacidade de mover a coluna. Com seus anéis cartilaginosos, os discos intervertebrais da área lombar e cervical garantem maior flexibilidade no movimento das vértebras e suportam uma sobrecarga de peso considerável.

O problema é quando essa carga é pesada demais, a ponto de o impacto ser mais forte do que se espera. Nesse caso, pessoas acima do peso sofrem com hérnia discal porque a coluna é forçada para equilibrar o peso do corpo. A gordura fica tão concentrada no abdômen, que a habilidade dos discos de moverem as vértebras é reduzida.

  1. Predisposição genética

É outra característica que nem sempre pode ser evitada. Pessoas que possuem familiares com histórico da condição também estão sujeitas a sofrer do mal. Em alguns casos, os médicos já aconselham esse público quem tem a predisposição a não realizar movimentos repetitivos e excessivos nem se submeterem a esforços muito fortes. Os pontos dos discos podem sofrer um desvio.

Outros fatores podem ter relação com a hérnia de disco e praticamente todos eles começam com dores e dificuldades para mover a coluna, se alongar, se esticar ou levantar. Se você possui tem qualquer reclamação parecida, é fundamental procurar ajuda rapidamente para tratamentos específicos, como a osteopatia.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo.

 

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp