Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
5 tratamentos indicados para a hérnia de disco

A hérnia de disco ocorre quando o disco intervertebral sai do seu devido lugar, afetando os nervos espinhais da coluna, provocando dor. O disco intervertebral funciona como um amortecedor para os movimentos da coluna. Este disco é uma estrutura cartilaginosa composta pelo núcleo pulposo, anel fibroso e placa terminal.

O núcleo pulposo tem em sua composição o líquido pulposo que desloca-se ao sofrer impactos constantes, causando o rompimento do anel fibroso. O anel fibroso é quem nos permite flexionar, estender e rotacionar a coluna vertebral.

O deslocamento deste disco pode causar três tipos de hérnias: protusas, quando o disco se alarga em razão de fissura do anel fibroso, tocando nas áreas de sensibilidade nervosa; extrusas, quando há desgaste do anel fibroso, rompendo suas fibras e transbordando o líquido gelatinoso para outras áreas; e sequestradas, quando há rompimento da parede do disco e o líquido vaza para o canal medular.

Quais os principais tratamentos para hérnia de disco?

Existem diversos tipos de tratamentos que podem levar à cura da hérnia. O processo de cura consiste na reabsorção do líquido pulposo pelo disco e a constituição de um tecido cicatricial no lugar das fibras rompidas.

O sucesso do tratamento depende da identificação exata do local da hérnia e de seu tipo. As principais formas de tratamento da doença são: fisioterapia, musculação, acupuntura, uso de medicamentos e cirurgia.

Fisioterapia

A fisioterapia oferece diversos recursos para o tratamento da hérnia de disco, possibilitando o combate a dor e devolvendo o bem-estar do paciente. O fisioterapeuta definirá qual a melhor técnica a ser aplicada de acordo com o tipo da doença e o grau de dor.

Para os casos de hérnia, as principais técnicas são termoterapia e fisioterapia manual. A termoterapia é a aplicação terapêutica de calor no corpo, que auxilia no alívio das dores na coluna. O calor aumenta a circulação sanguínea e a entrada de nutrientes nos tecidos.

A fisioterapia manual pode ser realizada com o uso das seguintes técnicas: osteopatia, Maitland, Mulligan, pilates e reeducação postural global (RPG).

A osteopatia atua nas causas do problema por meio do exame clínico do local da dor e regiões adjacentes. Consiste na utilização de técnicas de manipulação do sistema musculoesquelético, avaliando quais as regiões ou estruturas que estão desalinhadas ou bloqueadas provocando a hérnia.

As técnicas de Maitland e Mulligan desenvolvem-se através da mobilização articular. O método Maitland baseia-se na anamnese minuciosa, já a Mulligan é uma técnica indolor que busca reparar falhas no alinhamento postural do paciente.

O método pilates busca oferecer o alívio da dor ao paciente através de exercícios de fortalecimento muscular e correção postural. A RPG é uma técnica que usa movimentos de alongamento muscular para atenuar as dores causadas pela hérnia.

Musculação

A musculação tem como função o fortalecimento muscular através de exercícios isométricos, pois tensionam os músculos sem modificar o seu comprimento externo. Os movimentos devem ser suaves e indolores para não agravar o grau da doença.

Acupuntura

A acupuntura é oriunda da medicina oriental e consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo para atenuar a dor. Esta técnica não possui comprovação científica de sua eficácia, mas diversos estudos recomendam como um tratamento paliativo.

Uso de medicamentos

O uso de medicamento em casos de hérnia funcionam apenas para tratamento sintomático. Os remédios são indicados em casos de crises agudas e agem provocando redução da dor (analgésicos), da inflamação (anti-inflamatórios) ou até para aumentar a resistência do paciente à dor (antidepressivos e anticonvulsivantes).

Cirurgia

Como na maioria das doenças, a cirurgia é indicada apenas em casos extremos. O tratamento de hérnia de disco por meios não cirúrgicos apresenta resultados eficazes. Entretanto, há casos de pacientes que não respondem bem ao tratamento clínico e necessitam da cirurgia. O procedimento consiste na localização dos focos da dor e, posteriormente, a extração parcial ou total desses locais.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.