Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Pilates no tratamento de lesões de corrida

O Pilates é uma prática que permite ao corpo retomar a fluidez do movimento harmônico, natural e espontâneo. O que isso tem a ver com esporte? Tudo! Especialmente quando o assunto são as lesões de corrida.

Neste post, confira os benefícios do Pilates para a corrida e sua atuação no tratamento de lesões ocasionadas pela atividade.

Como o Pilates pode influenciar na corrida?

O Pilates é uma atividade funcional com movimentos que trabalham a integridade de grupos musculares extremamente requisitados durante a realização de uma corrida.

As evoluções realizadas pelo método, utilizando seus princípios de equilíbrio, concentração, precisão, respiração e fluidez, podem simular gestos esportivos, de modo a trabalhar alinhamento, controle, consciência corporal, postura, amplitude, alongamento e, até mesmo, a própria qualidade dos movimentos articulares exigidos durante a prática da corrida.

Aos corredores, os principais benefícios do Pilates são:

  • Fortalecimento simétrico dos músculos e equilíbrio muscular, o que gera maior resistência e força e diminui a fadiga precoce;
  • Melhor postura durante a prática;
  • Melhora na concentração e controle das “autossabotagens” da mente durante a execução;
  • Melhor mobilidade nas articulações e aumento do alongamento, resultando em “passadas” mais qualitativas;
  • Menor sobrecarga na coluna vertebral;
  • Melhor controle respiratório, devido à expansão promovida na caixa torácica;
  • Prevenção de lesões.

Como o Pilates atua no tratamento de lesões de corrida?

Os movimentos exigidos durante a prática de Pilates fazem com que o indivíduo ganhe maior consciência corporal sobre o que pode (ou não) machucá-lo. Sendo assim, muito antes de atuar no tratamento, o Pilates promove a correção de erros cometidos durante a corrida, de modo a prevenir as lesões.

Mas é claro que, em alguns casos, a lesão já existia antes de iniciar a prática, sendo assim, os principais fatores de risco para o seu surgimento são: lesões prévias; correr para competir; iniciantes na corrida; correr quilômetros em excesso semanalmente.

O método Pilates pode ser utilizado pelos corredores como um aliado para diminuição dos desconfortos rotineiros ocasionados pela corrida. Ele ajuda os atletas, sejam eles profissionais ou amadores, a reconhecerem quais são as suas fraquezas, ou melhor, seus desequilíbrios musculares.

Ademais, o Pilates também promove a melhora da postura, aumenta a capacidade respiratória, eleva o equilíbrio, diminui a fadiga e, consequentemente, reduz as dores do corpo, principalmente da coluna lombar, joelho e articulações.

Com isso, os atletas podem diminuir o tempo de corrida ou aumentar suas performances, a depender dos objetivos particulares de cada um.

Por fim, as principais lesões causadas pela corrida são:

  • Síndrome patelofemoral;
  • Síndrome do trato iliotibial;
  • Tendinite de calcâneo;
  • Canelite do estresse medial tibial;
  • Fascite plantar.

Já as lesões agudas são causadas por traumas diversos. Geralmente, são representadas por fraturas, entorses, distensões ou contrações nos músculos, ocorrendo após fadigas musculares, prática em superfícies irregulares ou instabilidade.

Pronto! Agora você já sabe como o Pilates atua no tratamento de lesões de corrida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.