Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Microfisioterapia: o que é e quando é indicada

Na medicina ocidental, os medicamentos produzidos em laboratório são tidos como as opções de tratamento mais eficazes para praticamente todas as doenças e condições que atingem o corpo humano. No entanto, cada vez mais pacientes e profissionais da saúde atuam com terapias alternativas para promover uma intervenção e cura. Este é o caso da microfisioterapia.

Para que você se familiarize com esta técnica e entenda quando ela é indicada, criamos este post. Confira!

Caracterização da microfisioterapia

Trata-se de uma terapia não convencional que tem correlação direta com a osteopatia, ou seja, para caracterizá-la é necessário entender o significado da osteopatia.

Dito de maneira simplificada, trata-se de uma terapia em que duas crenças são fundamentais:

  • O próprio corpo é capaz de combater doenças e condições diversas;
  • Deve-se tratar a doença em si, não seus sintomas.

Assim, a microfisioterapia partilha dessa mesma visão e consiste em um método terapêutico realizado de forma manual, uma vez que o corpo possui uma memória advinda de movimentações pequenas, quase imperceptíveis, dos órgãos e das células.

Isso significa que, com os estímulos propiciados pelos toques, é possível evocar essa memória do organismo, permitindo a identificação e diferenciação de traumas de ordem física e emocional, sendo possível chegar à origem da doença e de seus sintomas.

Depois que a causa da doença e da condição física ou mental é identificada, o método terapêutico estimula o corpo para que ele mesmo gere os mecanismos de combate, levando à extinção dos sintomas e do quadro responsável por suas manifestações.

Quando essa técnica é indicada

Por seu próprio funcionamento, somado ao fato de não possuir contraindicações, uma vez que não é invasiva nem interfere diretamente na composição química do organismo, pode ser utilizada como terapia em diversos quadros. Dentre eles estão:

  • pacientes com fibromialgia, artrite e alergias como um todo, já que uma de suasvantagens mais importantes é o fortalecimento do sistema imunológico;
  • pessoas que possuem doenças de origem cardiovascular, como hipertensão, ou problemas respiratórios, pois o tratamento atua diretamente nas estruturas que compõem esses importantes sistemas do corpo humano;
  • sujeitos submetidos a trauma físico que, mesmo depois de tratado pela medicina tradicional, ainda gera dor, como lesões esportivas e acidentes em geral;
  • crianças afetadas por distúrbios psicológicos, como falta de atenção e dificuldade de concentração, hiperatividade e agressividade;
  • jovens e adultos afetados por fobias, traumas emocionais, ansiedade e mesmo quadros mais delicados, como transtorno bipolar e síndrome do pânico.

Sendo assim, é por esses motivos que a microfisioterapia ganha cada vez mais adeptos, tanto no que diz respeito aos pacientes quanto entre os profissionais da saúde.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Conheça melhor a clínica Osteopatia SP lendo mais artigos no nosso blog!