Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
4 benefícios da microfisioterapia

A microfisioterapia é uma técnica criada na década de 1980, por dois fisioterapeutas osteopatas franceses. Ela tem o toque como principal aliado. Embora cerca de 2.000 profissionais no Brasil já tenham a capacitação necessária para aplicar o método, ele tem ganhado notoriedade somente nos últimos anos. Muitos ainda desconhecem suas indicações. O intuito da prática é incentivar o corpo a corrigir cicatrizes que causam dor ou outros incômodos para a saúde, sejam físicos ou emocionais.

Por meio de toques sutis, o fisioterapeuta identifica onde estão localizadas as marcas deixadas por agentes agressores, que resultaram nos problemas apresentados. Envia, também, estímulos para que o organismo inicie um processo de correção e eliminação desses males. Confira, a seguir, quatro benefícios da microfisioterapia.

Tratamento de dores

Atua no combate às dores crônicas, como problemas musculares, articulares, enxaquecas, etc.

Equilíbrio emocional

Indivíduos que apresentam quadros de depressão, síndrome do pânico e fobias diversas, como medo de dirigir ou de lugares fechados, podem se beneficiar dessa técnica como tratamento complementar.

Prevenção

O corpo humano é bombardeado por agentes externos diariamente, o tempo todo. Assim, os tecidos sofrem os impactos de traumas físicos, químicos ou emocionais, que prejudicam o bem-estar e funcionamento do organismo. Essa terapia auxilia na eliminação dessas cicatrizes e consequente recuperação da saúde física e emocional como um todo.

Insônia

A microfisioterapia também é indicada para distúrbios do sono. Se você costuma ficar várias noites sem dormir e já buscou outras formas de aliviar o problema, sem sucesso, essa pode ser uma boa alternativa.

Por se tratar de um tratamento que visa restabelecer a vitalidade por meio da cura dos tecidos lesionados por agentes agressores, vários outros quadros podem apresentar melhoras por meio da microfisioterapia, como ansiedade, rinite, dermatite e outras alergias em geral, traumas emocionais, problemas de pressão e respiratório, entre outros.

As sessões, geralmente, duram entre 45 minutos e 1 hora. São iniciadas com uma avaliação fisioterápica. Em seguida, são feitos os procedimentos manuais para perceber o caminho da agressão sofrida pelo corpo. Enquanto isso, os sintomas provocados pelo incidente também são detectados, desencadeando o processo de cura autônoma do corpo.

Os efeitos podem ser percebidos logo após a primeira sessão, mas os organismos reagem de formas diferentes. São feitos intervalos de até 90 dias entre as consultas para que o organismo tenha tempo de processar o ocorrido e comece a fazer os reparos necessários. Também é recomendado evitar esforço excessivo logo após o tratamento. A ideia é que toda a energia esteja destinada à evolução das condições do indivíduo.

Cuidar do corpo é fundamental para manter a disposição no dia a dia. Se você busca alternativas para amenizar problemas de saúde que atrapalham o seu bem-estar, consulte um fisioterapeuta e faça uma avaliação. A microfisioterapia pode proporcionar benefícios que ultrapassam as questões físicas, na busca pela harmonia entre o corpo e a mente.

 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Conheça melhor a clínica Osteopatia SP lendo mais artigos no nosso blog!