Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Como a microfisioterapia atua no tratamento de disfunções gastrointestinais

A partir do constante aprendizado sobre o corpo humano, diversas alternativas eficazes de tratamentos foram criadas. Uma dessas alternativas é a microfisioterapia, um tipo de terapia manual que analisa o corpo humano em sua integralidade. Já ouviu falar nessa técnica? Continue, então, a leitura e saiba por que ela tem crescido cada vez mais no Brasil.

O que é microfisioterapia?

É um tipo de abordagem terapêutica que está baseada na busca pelo entendimento e identificação da causa principal de uma doença ou de um sintoma apresentado. Essa técnica de terapia manual foi criada, em 1983, pelos fisioterapeutas e osteopatas franceses Daniel Grosjean e Patrice Benini. De acordo com eles, cada situação que acontece conosco fica armazenada em uma memória criada pelo próprio organismo. Esse conjunto de lembranças é construído a partir de pequenos movimentos realizados pelos órgãos e células. Dessa forma, através da microfisioterapia é possível descobrir as razões da perda de vitalidade dos tecidos e as causas de doenças e sintomas.

Como é o procedimento?

Geralmente, é o fisioterapeuta ou osteopata que estão habilitados a realizar o procedimento, desde que tenham se especializado na técnica. Durante a sessão, a pele do indivíduo é tocada para estimular o corpo a reconhecer os traumas físicos ou emocionais. A micropalpação também busca encontrar as cicatrizes patológicas do indivíduo. Essas cicatrizes são as marcas físicas que a agressão primária deixou no corpo. Posteriormente, o profissional tenta identificar os sintomas produzidos por essa cicatriz. Assim, a partir desse estímulo manual, o organismo entende o problema, percebe o que precisa ser eliminado, realiza a autocura e apaga o registro traumático da sua memória.

Para que serve?

Os principais benefícios apresentados são a melhoria do estado emocional, a resolução das dores, melhora do sistema imunológico, descoberta da origem de alguma doença, bem como a promoção da saúde.

Como a microfisioterapia atua no tratamento das disfunções gastrointestinais?

As disfunções gastrointestinais podem acometer tanto os adultos quanto as crianças. Esses problemas variam de refluxo a constipação. Em alguns casos, esses distúrbios têm origem em traumas físicos ou emocionais sofridos. Dessa forma, a microfisioterapia atua na busca por essa causa e, ao encontrá-la, promove a autocura. Nos últimos anos, tem sido comum a utilização dessa técnica em recém-nascidos que sofrem com o refluxo gastroesofágico (RGE). Com a evolução do quadro, o RGE deixa de ser um problema exclusivo do trato digestivo, provocando asma brônquica, dificuldades respiratórias, problemas de alimentação, cólica do lactente e erosão dentária. Assim, com a intenção de ajudar o filho a ter uma vida saudável, muitas mães têm buscado na terapia manual a melhora do quadro. Essa abordagem terapêutica encontra a cicatriz patológica desses recém-nascidos e estimula o organismo a eliminá-la. Os resultados têm sido satisfatórios com cerca de 90% dos bebês apresentando melhora dos sintomas, nas primeiras 72 horas. Você sofre com algumas dessas disfunções gastrointestinais? Já tentou outras opções de tratamento e não obteve um bom resultado? Então, procure um profissional especializado em microfisioterapia e se submeta ao procedimento. Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre a Osteopatia SP.