Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Os benefícios da osteopatia no esporte amador

A osteopatia faz sucesso no mundo esportivo. Atletas famosos usufruem da técnica aqui e mundo afora. Mas não é só entre os profissionais que ela ganha cada vez mais adeptos, não! Todo e qualquer praticante de atividade física se encanta e procura cada vez mais essa metodologia. A osteopatia no esporte amador apresenta uma infinidade de benefícios e serve para diversas finalidades.

Por isso, não é por acaso que a osteopatia no esporte amador está crescendo cada vez mais. Para que você entenda um pouco mais sobre a pauta e o porquê dessa popularidade, apresentamos as principais vantagens de quem aposta nessa alternativa. Confira!

Benefícios da osteopatia no esporte amador:  tratamento

Um dos benefícios da osteopatia no esporte amador que é mais conhecido é, sem dúvida, o tratamento. As pessoas estão acostumadas a encará-la como uma terapia diante de uma doença ou um problema. Afinal, a intervenção manual já foi reconhecida ao provar inúmeras vezes a sua eficácia.

Tratamento para esportistas

O campo de tratamento da osteopatia é enorme. E no quesito osteopatia no esporte amador não seria diferente. A técnica pode trabalhar uma série de problemas enfrentados por muitos praticantes de atividades físicas. Hérnias de disco, escolioses, doenças ciáticas, problemas cervicais, torcicolos, entorses, dores na lombar, problemas de articulações, dores e tensões musculares em geral são alguns dos exemplos.

Outros tratamentos

A osteopatia atua também em outros problemas de saúde que afetam o atleta, ainda que eles não estejam ligados necessariamente às atividades físicas. Nessa lista entram: sintomas de tensão pré-menstrual, enxaquecas, labirintite, vertigem, insônia, problemas no trato intestinal, depressão, constipação, entre outros. Por isso, há quem diga que esses cuidados também entram, sim, como osteopatia no esporte amador. Afinal, são adversidades que afetam o desempenho e a prática do esporte.

Benefícios da osteopatia no esporte amador: melhora no desempenho

A osteopatia no esporte amador vai muito além de tratar doenças. A metodologia impressiona pela sua capacidade em melhorar o desempenho, tanto de atletas profissionais, como de amadores. Isso porque a técnica pode ser aplicada para ajudar você a evoluir, alcançar as suas metas e aprimorar os movimentos. Como? Através da intervenção manual, o especialista atua em diversas partes do corpo que estão ‘doentes’ ou que não estão atuando em sua totalidade.

Aumento do potencial esportivo

A osteopatia no esporte amador trabalha músculos, articulações, ligamentos, fáscias, tecidos, vísceras, entre outros. Tudo isso a fim de eliminar possíveis agentes que estejam impedindo a potencialidade ou que estejam diminuindo a função. Na prática, isso significa, por exemplo, melhoria nas articulações. Assim, o esportista pode movimentar melhor os braços e as pernas e, por consequência, conquista mais resultados.

Mais saúde e bem-estar

Outra situação bastante comum é no músculo, que consegue se desenvolver com mais facilidade e com menos risco. A osteopatia no esporte amador prioriza o bem-estar do paciente. Portanto, o trabalho não se limita a ajudar o corredor a diminuir o seu tempo, mas sim, promove mais saúde para que a execução ganhe mais  qualidade.

Benefícios da osteopatia no esporte amador: prevenção

Mais que uma terapia para tratar ou melhorar o desempenho do esportista, a osteopatia no esporte amador também atua na prevenção. A intervenção manual ajuda na performance ao fortalecer a saúde corporal, aprimorar a função e desabrochar toda a potencialidade do corpo. E tudo isso reflete também na redução de risco de lesões e outros problemas que possam ocorrer.

Tratamento global

A osteopatia no esporte amador atua no corpo de forma global. Ou seja, não importa se você teme lesionar o ombro porque pratica musculação. Não é só o ombro que será cuidado. A ideia é que o corpo como um todo entre em equilíbrio. Assim, a intervenção manual entra para tratar a pessoa como um todo, evitando assim, problemas como fraturas, deslocamento de ombro, entorses etc.

Conhecimento específico

Uma competência fundamental na osteopatia no esporte amador é que o profissional deve conhecer o gesto praticado pelo atleta. Isso facilita bastante a atuação do especialista. Dessa forma é possível reforçar e fortalecer os músculos importantes para a execução da atividade. Como consequência, os movimentos são realizados com maior maestria, diminuindo riscos e incrementando resultados.

Antes que o problema ocorra

A osteopatia no esporte amador também atua antes que o problema ocorra. O diagnóstico e a terapia visam encontrar e tratar a raiz do problema. Portanto, isso ajuda o especialista a trabalhar partes do corpo que, embora não apresentem sintomas, merecem a atenção. Assim a técnica atua de forma preventiva.

Benefícios da osteopatia no esporte amador: reabilitação

Você se machucou no treino? A osteopatia no esporte amador está aí para te ajudar na reabilitação! A terapia consiste em um método manual e é aplicada com o objetivo de fazer o atleta voltar à sua atividade o mais rápido possível. E ainda tem um bônus importantíssimo: mais que reabilitar, o paciente se fortalece para voltar com um desempenho ainda melhor.

A reabilitação com a osteopatia

A osteopatia no esporte amador atua na causa da lesão ou do problema enfrentado pelo atleta. Mas isso não significa que a metodologia ignore os sintomas – eles serão tratados, sim, porém por caminhos diferentes da medicina convencional. O trabalho consiste em encontrar o agente causador. Depois, aplicar a técnica para que isso seja resolvido. Nessa lógica, sem a raiz do problema, as dores desaparecem.

Sem remédios, nem cirurgia

O osteopata é detentor de um amplo conhecimento sobre o corpo humano e o seu funcionamento. Isso dá ao especialista o subsídio necessário para diagnosticar e tratar lesões que afetam o sistema musculoesquelético. E o que é surpreendente para muitos é que tudo isso é feito apenas com as mãos. Muitos pacientes dispensam medicamentos e cirurgias, pois a aposta nessa alternativa é segura.

Interessante, não é mesmo? E sabia que você também pode usufruir dessa técnica? Não importa se é para tratar um problema, melhorar o seu desempenho, evitar lesões ou para uma reabilitação diante de uma adversidade causada pelo esporte, a osteopatia no esporte amador é voltada para praticantes de qualquer atividade física, tanto amadores como profissionais. Caso queira saber mais, estamos à disposição para sanar as suas dúvidas e promover a sua saúde e bem-estar! Entre em contato conosco pelos telefones (11) 2251-6582 e (11) 99868-6515 (WhatsApp) ou agende sua consulta online e se livre das dores!