Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Pilates ajuda no alívio dos sintomas do estresse

O estresse é uma resposta automática do organismo ao se deparar com alguma situação que exija esforço extremo, o faça sentir-se ameaçado ou sob pressão. Esta resposta produz reações fisiológicas em razão das reações químicas liberadas pelo organismo.

A exposição contínua do indivíduo a estas situações adversas provoca o aumento da liberação do cortisol, conhecido como o hormônio do estresse. A produção regulada deste hormônio pode ser benéfica, pois auxilia o cérebro a trabalhar melhor, aumentando sua concentração.

Quando o nível de cortisol no organismo está desregulado, o corpo começa a apresentar sintomas associados ao estresse, como por exemplo: irritação, indignação, nervosismo, sensação de medo e de desconforto. Os sintomas não são claros, pois são comuns a outras patologias como ansiedade e depressão.

Este distúrbio também afeta o sistema imunológico do indivíduo, podendo desencadear outros problemas de saúde, tais como constipação, diarréia, náuseas, ansiedade, hipertensão arterial, depressão e até desenvolver vícios como tabagismo e alcoolismo.

Quais os benefícios que o pilates oferece?

O método pilates tem como base a prática de exercícios suaves que primam pelo controle respiratório, desenvolvendo uma respiração completa e consciente do praticante. Este controle reduz consideravelmente os níveis de cortisol no sangue.

O pilates tem como objetivo desenvolver a consciência corporal do aluno, fazendo com que ele tenha foco em si mesmo, gerando o equilíbrio mental e físico. Ter a mente e o corpo equilibrados é o principal antídoto para o estresse.

Como pilates combate o estresse?

O principal aliado do pilates para tratar este problema é o controle respiratório. A respiração é o ponto chave deste método. O equilíbrio entre a razão e a emoção passa pelo controle da respiração.

Percebemos isso de forma clara quando estamos estressados e optamos por tomar alguma atitude impulsiva, e, logo depois, nos arrependemos ao pensar que bastava ter respirado profundamente para não ter agido daquela maneira.
De fato este pensamento está correto: ao respirarmos, regulamos o nível de adrenalina no organismo, reduzindo a impulsividade.

A prática de pilates exige uma respiração leve e profunda para que os exercícios sejam realizados corretamente. Os exercícios de pilates buscam equilibrar a comunicação entre o coração e o cérebro através da respiração.

A prática de pilates em si, também já é um ótimo remédio para combater esse problema. Exercícios físicos liberam a produção da substância chamada endorfina, responsável pelo alívio da dor e pela produção das sensações de relaxamento e prazer.

Outro aspecto importante apresentado pela prática do pilates é o aumento do grau de concentração. Este método exige que o praticante esteja concentrado para executar os movimentos corretos de forma consciente. A concentração permite ao indivíduo desviar o foco dos problemas, reduzindo a tensão.

O estresse pode causar sérios prejuízos ao corpo, portanto procure opções para aliviar estes sintomas. O pilates é a melhor alternativa de atividade física, pois atua de forma integral no corpo e na mente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.