Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Saiba como o pilates atua no tratamento de doenças hipocinéticas

Atualmente, um dos problemas de saúde mais comuns são as doenças hipocinéticas, que afetam grande número de pessoas em todo o mundo. Elas são ocasionadas, especialmente, pela falta de atividades físicas e sedentarismo, ambos considerados problemas no cotidiano das pessoas.

Ainda, podem ser agravados por outros hábitos inadequados, como o consumo excessivo de álcool, ingestão de comidas muito gordurosas, tabaco, entre outros. Associados ao sedentarismo, estes hábitos causam as doenças hipocinéticas de forma mais facilitada.

Isto faz com que seja extremamente necessário buscar uma mudança de hábitos, evitando que o corpo seja ainda mais comprometido, por exemplo, com hipertensão, diabetes e osteoporose. Entre estas mudanças, uma das mais necessárias é a prática de atividades físicas, que permite movimentação e combate às doenças hipocinéticas.

Neste post, veremos como o pilates ajuda nessa tarefa. Confira!

O que são doenças hipocinéticas?

Doenças hipocinéticas são as enfermidades provocadas pela falta ou realização insuficiente de atividades físicas. Entram nesse escopo todas as doenças cardiovasculares, problemas nas costas e articulações, alguns tipos de câncer, diabetes, hipertensão e até mesmo doenças psicológicas, como a depressão.

Com o estilo de vida sedentário adotado por várias pessoas, o risco de desenvolver uma ou mais dessas enfermidades é grande, por isso a importância de se movimentar e realizar atividades físicas.

O pilates no tratamento de doenças hipocinéticas

Para combater as doenças hipocinéticas e devolver as vantagens da prática de atividades físicas, uma das melhores opções é o pilates, com exercícios de fácil realização, que podem ser feitos por qualquer pessoa e contribuem muito positivamente para a saúde de seus praticantes.

Uma das principais vantagens em relação ao tratamento das doenças hipocinéticas é que este tipo de atividade física proporciona um melhor funcionamento do metabolismo celular, de forma que o corpo reaja aos efeitos dessas enfermidades, permitindo que seu tratamento seja muito mais efetivo.

Além disso, por evitar os problemas gerados pelo sedentarismo, o pilates é uma das melhores maneiras de se prevenir de complicações que as doenças hipocinéticas trazem ao corpo, fazendo com que a pessoa volte a ser ativa e saudável. Portanto, trata-se de uma das práticas mais indicadas para qualquer pessoa que tenha alguma dessas enfermidades.

Outros benefícios do pilates

Além das vantagens relacionadas ao tratamento das doenças hipocinéticas, a prática do pilates pode proporcionar outros benefícios para as pessoas, fazendo com que tenham uma qualidade de vida muito maior.

Dentre eles, podemos citar a postura, que é melhorada com os exercícios, evitando que problemas como as dores na coluna, atinjam os praticantes.

Ainda, com a prática regular do pilates, há o fortalecimento muscular, pois este tipo de atividade trabalha de forma bastante intensa os músculos do corpo, fazendo com que se tornem muito mais resistentes e não sofram com problemas corriqueiros, como as dores musculares.

Desta maneira, com benefícios corporais e a possibilidade de um tratamento bem mais efetivo contra as doenças hipocinéticas, o pilates é uma excelente alternativa para as pessoas que buscam uma qualidade de vida muito maior.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.