Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Pilates ou musculação: o que é melhor para mim?

A regra é clara: é preciso fazer atividade física. Seja para adquirir condicionamento físico, para emagrecimento ou até mesmo manter uma boa saúde.

Conhecendo as opções disponíveis atualmente, alguns ainda se deparam com uma dúvida:  “O que é melhor para mim: pilates ou musculação?”

A resposta é que ambas têm ótimos benefícios. Independentemente de sua escolha, ela certamente irá trazer boas repercussões para sua saúde, seu corpo e sua mente. O que não pode é ficar parado.

Entendendo a diferença entre o pilates e a musculação

A escolha entre pilates ou musculação vai depender muito do seu objetivo final. Isso porque a exigência de cada tipo de exercício para o corpo varia em algumas peculiaridades.

A prática da musculação tem como objetivo o desenvolvimento muscular e o ganho de força. O pilates também atende a esse objetivo, no entanto, a principal diferença é que a musculação trabalha partes do corpo a cada treino, e o pilates trabalha o corpo por inteiro.

A musculação divide-se em treinos ao longo da semana, alternando a parte do corpo trabalhada, a quantidade de repetições de cada exercício e aumenta-se gradativamente a quantidade do peso.

Já o pilates trabalha todo o corpo – e utilizando seu próprio peso – a todo instante, fazendo com o que o equilíbrio do músculo, sua simetria e estabilidade sejam desafiados a cada treino.

Principal ganho de cada um

Tonificar os músculos aumenta a proteção contra a perda óssea (prevenindo complicações, como a osteoporose, por exemplo), e contribui para o aumento do metabolismo. Tanto a musculação quanto o pilates entregam esses benefícios.

Todavia, para escolher entre pilates ou musculação, tenha em mente que o principal ganho da musculação é oferecer mais resistência e hipertrofia, já o pilates promove tranquilidade, equilíbrio, concentração, melhora da postura e respiração.

E os dois juntos, pode?

Se está na dúvida entre pilates ou musculação, talvez você consiga fazer os dois. Nesse caso, é preciso tomar cuidado para não ir com muita sede ao pote, não é mesmo?

É bom tomar cuidado e buscar as orientações de um especialista, principalmente se você ficou um tempo significativo sem praticar exercícios físicos. Não se pode exigir do corpo uma alta intensidade de peso e prática esportiva do dia para a noite.

Entretanto, se já estiver com certo condicionamento, é possível conciliar pilates e musculação, desde que em dias diferentes e alternados.

O gosto pessoal vai influenciar muito se precisar optar entre pilates ou musculação, pois a forma de cada treino vai impactar diretamente no prazer de fazer o exercício físico.

A musculação, por exemplo, fortalece o corpo e oferece o ganho de músculos de forma eficiente, porém, o pilates é uma das melhores alternativas para aquelas pessoas que não são fãs da repetição.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.