pilates na gravidez

Benefícios do pilates durante a gravidez

Criado pelo alemão Joseph Pilates em 1920, o pilates é a prática de diversos exercícios que buscam o controle total entre o corpo e a mente do paciente. Essas atividades, que podem ser realizadas no solo ou em equipamentos específicos, aumentam a qualidade de vida, fortalecem os músculos e criam uma conexão entre a psique e o físico. O que pouca gente sabe é que o pilates na gravidez traz inúmeros benefícios para as mulheres.

O pilates chegou ao Brasil na década de 1990 e está crescendo cada dia mais no país. Atualmente, mais de 35 mil estúdios especializados nessa prática foram abertos e seguem crescendo em território brasileiro. O número de praticantes também aumenta progressivamente, porém, por se tratar de uma atividade física relativamente nova, o pilates ainda gera muitas dúvidas sobre seus reais benefícios.

Além de fazer essa ligação entre o corpo e a mente do praticante, trazendo força e relaxamento, o pilates também é útil para quem busca melhorar o condicionamento físico, emagrecimento, definição dos músculos ou até mesmo para quem precisa de reabilitação física.

Essa atividade física surpreende seus adeptos pela quantidade de benefícios e objetivos que ela ajuda a alcançar. Com exercícios de pouco impacto e que prezam pela suavidade dos movimentos, o pilates ajuda na respiração, no fortalecimento muscular e virou uma alternativa para quem busca perder peso.

Pilates na gravidez

Durante a gestação, a prática de exercícios físicos leves e com pouco impacto é muito recomendada para garantir a saúde da mamãe e do bebê. Atualmente, muitas mulheres estão optando por praticar pilates durante a gravidez com o objetivo de amenizar as dores e desconfortos causados durante esse período.

Grande parte dos exercícios que compõem a prática do pilates pode ser realizada pelas mulheres grávidas. Porém, algumas posições não são recomendadas para gestantes, pois podem gerar algum tipo de desconforto durante a prática da atividade.

Por isso, antes de iniciar o pilates na gravidez, é importante que o profissional responsável pela orientação das atividades crie um guia de exercícios especial para a gestante. Nesse guia, os exercícios serão pensados levando em conta as diferentes mudanças corporais que acontecem durante os três trimestres de gestação.

Esse planejamento é extremamente importante, pois em cada período da gravidez, o corpo da mulher sofre mudanças físicas e hormonais diferentes e que devem ser levadas em conta na hora da realização de qualquer tipo de exercício físico.

Além de reduzir as dores e o desconforto, o pilates na gravidez também ajuda a futura mamãe a manter uma boa postura e fortalecer o cinturão abdominal. Além disso, a gestante que opta pela prática do pilates também melhora a sua qualidade do sono e aumenta sua energia e força corporal diária, facilitando a realização de algumas atividades do dia a dia que normalmente são prejudicadas pela indisposição causada pela gravidez.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp