Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Saiba como prevenir a tendinite

A tendinite é uma doença muito comum nos tempos atuais e surge pelo excesso de movimentos repetitivos nas articulações. Ela pode aparecer em qualquer parte do corpo, mas é mais comum nas mãos, cotovelos, ombros, joelhos e pés.

O uso de produtos tecnológicos como notebook, desktop, tablets e smartphones reforça a possibilidade de desenvolvimento da doença. Isso porque o ato de digitar continuamente incita a inflamação dos tendões, das estruturas espessas e fibrosas que conectam músculos e ossos.

Causas e sintomas da tendinite

Uma força muito intensa ou prolongada pode causar uma pequena ruptura do tendão e proporcionar sua inflamação. Agentes químicos ou mecânicos de movimentos repetitivos, excesso de exercícios, má postura e o desenvolvimento  de doenças reumatológicas como a osteoartrite são as principais causas do surgimento da tendinite.

Quando a região começa a apresentar dor local e inchaço com o início de um movimento, pode ser um sintoma da tendinite. A dor começa moderada até se tornar insuportável e se espalhar ao redor da área do tendão, juntamente com vermelhidão, calor e fraqueza que podem dificultar ainda mais os movimentos.

O paciente com tendinite tem dificuldades de movimentar os braços quando ela surge na região, ou até mesmo de caminhar, se a inflamação afetar os membros inferiores. Atletas, praticantes de exercícios físicos pesados, quem realiza trabalhos artesanais como crochê ou usa continuamente o computador podem acelerar o surgimento da doença.

E afinal, como se prevenir da tendinite?

Considerada uma doença ocupacional, a tendinite faz parte do grupo de doenças da LER (Lesão por Esforço Repetitivo), por ser constantemente causa de licenças médicas. As sobrecargas, a digitação contínua e traumas locais são as principais formas de se adquirir a doença no local de trabalho.

Dessa forma, a melhor forma de prevenir seu surgimento é instaurando mudanças de hábitos. No trabalho, evite ficar muito tempo na mesma posição, aproveite para levantar da cadeira com mais frequência para descansar a coluna e incentivar os movimentos musculares das pernas.

Realize exercícios de alongamento muscular antes de começar a atividade e em intervalos durante o período de trabalho. Também é indicado que se faça exercícios circulares nos punhos, braços e ombros.

O ambiente de trabalho também pode favorecer o surgimento da tendinite pela mobília. Cadeiras duras, sem encosto e apoio ajudam a acelerar a tendinite e a provocar problemas na coluna. É importante, ainda, que se tenha apoio nos braços e nos pés, além de manter o computador ou notebook mais alinhado ao olhar, evitando o esforço do pescoço para baixo.

No cotidiano, sempre mantenha os pés apoiados no chão ou em apoios ergonômicos, evitando ficar na ponta dos pés e buscando manter os joelhos em um ângulo de 90º. Priorize sempre cadeiras mais resistentes e que possuam apoio nas costas e braços.

Uma outra medida importante é fazer exercícios físicos regularmente para manter a musculatura mais forte e resistente às atividades realizadas no dia a dia e no trabalho. Mas cuidado: seu excesso também pode causar tendinite. O recomendado é preservar as articulações evitando sobrecarga, esforços repetitivos e demasiada pressão na região. Sendo assim, o pilates é uma boa. O método trabalha a respiração associada ao exercícios e, uma vez que seu corpo aprende a realizar o movimento correto no studio de pilates, esse movimento começa a ser aplicado no seu dia a dia. Você vai criando consciência corporal e sabendo ajustar o seu corpo de acordo com suas necessidades.

Outra forma de evitar essa patologia é a osteopatia. Uma vez identificada a causa da dor, o osteopata realiza orientações e aplicação das técnicas manuais aliviando as dores e permitindo que o paciente entenda o que está causando a tendinite e como ele pode evitá-la. Todos nós podemos ter tendinites no punho, desencadeada por fatores internos/externos diferentes para cada individuo. Entenda mais como a osteopatia pode ajudar você a evitar dores ….(colocar links de assuntos do blog que já foram publicados)

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisioterapeuta osteopata em São Paulo!