Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
Como escolher o melhor tipo de sal para a sua dieta?

Não tem quem resista a um bom salzinho na salada. Em qualquer bom restaurante, uma comida insossa não é a mais recomendável. Há quem reclame, ainda, que poderia ter uma pitada a mais de sal no prato.

Sabe-se, contudo, que sal em excesso faz mal para a saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda mais que 20 miligramas por dia, em consumo próprio.

Será que existe apenas aquele sal do mar, a que estamos acostumados a ver na cozinha? Não haveria outro tipo de sal, talvez mais saudável?

Existe, sim. E não apenas um tipo, mas sete! É sal para todos os gostos e ocasiões, conforme o prato. As diferenças estão na textura, na cor, na quantidade de sódio e no sabor. Vejamos alguns tipos de sal mais conhecidos.

Sal refinado

É o conhecido sal de cozinha. Composto basicamente por sódio, perde boa parte dos minerais devido ao refino, processo ao qual é submetido. Quanto mais sódio, maior a retenção de líquido no corpo e, portanto, maior a probabilidade de pressão arterial alta, problemas renais e cardíacos.

Sal líquido

É considerado um tipo de sal mais puro porque não é refinado. Tem, portanto, maior quantidade de minerais que o sal de cozinha. No teor de sódio, a quantidade é a mesma, assim como os riscos para a saúde.

Sal grosso

Diferente do sal refinado, no que se refere ao tamanho. Tem  os minerais conservados, pois não chega a ser refinado. Tem a mesma quantidade de sódio que o sal de cozinha e oferece os mesmos riscos à saúde, se consumido sem controle.

Sal light

É mais suave que os demais sais. Contém cloreto de potássio, logo, permanece menos tempo no organismo, sendo expelido mais fácil e rapidamente. Oferece menos risco à saúde, mas também precisa ser controlado.

Sal negro

Esse tipo de sal é originário da Índia. Tem sabor mais marcante que os demais. A cor é acinzentada, por ter origem vulcânica. A quantidade de sódio é maior em relação aos demais.

Sal do Himalaia

Encontrado no mar que banha o Himalaia, contém mais de 80 minerais. Sua cor é rosa, característica marcante, por causa do ferro. Por ser mais nutritivo, é um dos mais recomendados pelos nutricionistas. 

Flor de sal

Serve apenas para realçar o sabor dos alimentos, quando já preparados. Tem sabor intenso e textura bem crocante. É o tipo de sal com maior quantidade de sódio que os demais. Deve ser utilizado nos alimentos com a máxima cautela.

Nutricionistas alertam constantemente para o fato de que, independentemente do tipo de sal que se queira consumir, deve-se adicioná-lo aos alimentos com moderação. O excesso de sódio traz graves problemas à saúde.

Por que estragar uma alimentação saborosa, por causa de um descuido no sal, não é mesmo?

 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Conheça melhor a clínica Osteopatia SP lendo mais artigos no nosso blog!