traumatismo de coluna

Como a osteopatia atua no alívio das sequelas de traumatismo de coluna

A nossa coluna vertebral é composta por 33 vértebras conectadas por ligamentos e com um disco cartilaginoso separando uma da outra. Por um canal localizado no interior destas vértebras, passa a medula espinhal, responsável por transmitir os comandos do cérebro para todo o corpo.

A ocorrência de um traumatismo na coluna pode acarretar na fratura das vértebras e, consequentemente, uma lesão na medula. Quanto maior o trauma, maior será a lesão e mais graves serão os danos causados à vítima.

Estes incidentes ocorrem com bastante frequência e geralmente são causados por quedas de telhados e lajes, acidentes de trânsito, prática de mergulho em águas rasas e ferimentos provocados por armas de fogo. A osteoporose (enfraquecimentos dos ossos) também pode levar à fratura nas vértebras.

Quais as sequelas de um traumatismo de coluna

A incidência de lesões nas vértebras produz efeitos graves e até irreversíveis em quem sofre um traumatismo. A gravidade do problema ocorre em razão da grande quantidade de raízes nervosas que percorrem toda a coluna.

Estes nervos controlam os movimentos das pernas, braços, abdômen e o funcionamento de todos os órgãos do corpo. As sequelas de um traumatismo estão associadas à altura da vértebra atingida.

Lesões acima da sexta vértebra resultam em tetraplegia, ou seja, perda dos movimentos dos braços, tronco e pernas. Traumas próximos a vértebra cervical C4 bloqueiam a respiração do indivíduo.

Quando as lesões atingem a coluna torácica ou a lombar, a consequência para o indivíduo poderá ser a paralisia do movimento das pernas. Porém, as sequelas de menor gravidade ocorrem quando os traumas afetam também a coluna lombar. Nestes casos as sequelas podem ser incontinência urinária ou fecal.

Há casos em que o traumatismo afeta apenas o osso, sem produzir impactos no interior da medula. Nestas situações as sequelas são leves, geralmente provocando dor nas costas, mas o simples tratamento poderá recuperar a vértebra.

Que benefícios a osteopatia pode oferecer?

A osteopatia é uma técnica terapêutica, de abordagem manual para obtenção de diagnóstico. O osteopata possui amplo conhecimento do corpo humano e de seu funcionamento. Esta técnica de manipulação não produz dor no paciente e busca aumentar sua amplitude de movimento.

A osteopatia beneficia a mecânica da coluna vertebral, eliminando as fixações, normalizando a mobilidade da lombar, destensionando os tecidos e restaurando o equilíbrio neuromuscular. O tratamento osteopático só pode ser realizado após a recomendação do ortopedista.

Este tratamento consistirá em analisar o quadro do paciente e tratar a causa, quando for possível. Para o tratamento de traumatismo na coluna, serão aplicadas técnicas de manipulação do sistema musculoesquelético (ossos, músculos e articulações).

A recuperação do paciente terá como princípio a correção da espasticidade, a melhora da mobilidade e alívio da dor. Em casos graves de traumatismo na coluna, a osteopatia pode oferecer alívio às tensões e dores, já em casos de traumas de baixa complexidade, a restauração da saúde do paciente pode ser obtida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como osteopata em São Paulo e Belo Horizonte.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp