Agende V. Mariana   Agende Pinheiros  
5 Dicas para melhorar a sua saúde intestinal

O intestino possui mais de 100 milhões de neurônios conectados à região cerebral e, por isso, é considerado como o 2º cérebro do corpo humano. Assim, é possível perceber a importância de nos esforçarmos para termos uma excelente saúde intestinal.

O intestino é também o responsável pela produção da maior parte da serotonina em nosso corpo. A serotonina é o neurotransmissor que cuida das nossas sensações físicas e emocionais. Dá, então, para imaginar a importância desse órgão, certo? 

Continue a leitura e descubra o que você precisa fazer para melhorar a saúde do seu intestino.

Por que preciso ter um intestino saudável?

Além das informações citadas anteriormente, esse órgão tem como responsabilidade a absorção da maior parte dos nutrientes (intestino delgado) e de água (intestino grosso) do corpo humano. Por isso, ter um intestino saudável significa manter o bom funcionamento metabólico do organismo.

Quais são os problemas que afetam a saúde intestinal?

Dentro do intestino grosso, habitam trilhões de bactérias vivas, de diversas espécies. Esses microrganismos metabolizam os alimentos para produzir alguns compostos. Esses compostos podem ser benéficos ou maléficos à nossa saúde, e isso está diretamente relacionado ao modo como nos alimentamos.

Uma má alimentação pode facilitar o acometimento da pessoa por algumas doenças intestinais, tais como a síndrome do intestino irritável, a obstipação, a doença de crohn e até o câncer intestinal.

Dicas para melhorar a saúde do seu intestino

Se fosse necessário resumir todas as dicas para se ter uma boa saúde intestinal em apenas uma, esta seria: tenha uma alimentação saudável. Como você já viu, a alimentação é fator determinante para a qualidade de vida que teremos. Contudo, para sermos mais específicos, apresentamos as 5 principais dicas para melhorar a saúde do seu intestino.

 

1. Inclua muitas fibras na sua alimentação

Inserir frutas, legumes, verduras e grãos integrais na sua alimentação diária irá aumentar o número de bactérias do intestino. Assim, a flora intestinal funcionará corretamente, e o intestino conseguirá suprimir a ação das bactérias nocivas ao organismo. 

Além disso, esses alimentos auxiliam na eliminação dos metabólitos, que são tóxicos ao corpo humano, por meio da evacuação, e reduzem a exposição da mucosa intestinal às substâncias cancerígenas.

2. Reduza a ingestão de carboidratos e açúcares

Os carboidratos e os açúcares são os principais alimentos das bactérias nocivas ao intestino. Quanto maior o consumo desses itens, maior será a quantidade dessas bactérias habitando no seu organismo.

3. Consuma proteína de qualidade

As proteínas de qualidade são aquelas de origem animal, como carne vermelha magra, frango, peixes ou ovos. A dica é evitar o consumo de carne gorda e embutidos, pois são altamente nocivos ao organismo. Se você for vegano, aposte na ingestão de oleaginosas, leguminosas ou outras proteínas vegetais.

4. Aumente a ingestão de probióticos

Os probióticos são sempre uma boa dica de alimentação, pois ajudam na eliminação do ácido lático e inibem o crescimento de bactérias nocivas. As principais fontes de probióticos são iogurtes, kombucha, kim chi e chucrute. 

5. Evite fumar

Já existem estudos científicos que comprovam que o cigarro é a principal causa do câncer de cólon de reto. As substâncias tóxicas do cigarro estimulam mutações genéticas no organismo e favorecem o aparecimento de tumores.

Então, siga essas dicas e garanta a sua saúde intestinal. 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre a Osteopatia SP.